Veja no YouTube

luteciaesp

SHOWS E EVENTOS QUE FILMEI PRA VOCÊ

Loading...

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Mais um domingo com morte na 381, entre Monlevade e Belo Horizonte

Ontem, 27, por volta das 16:30, mais um grave acidente na BR 381, próximo ao trevo de Caeté, envolvendo um caminhão carregado de coque e vários veículos, interrompendo o trânsito por cerca de uma hora e cinquenta minutos.

Foi grande a movimentação de carros dos bombeiros e do resgate, anunciando a gravidade do acidente, com mortos e feridos em estado grave. Como estava de passagem pelo local, seguindo o fluxo do trânsito lento, aproveitei para tirar umas fotos, que do acidente nada mostrou mas que retratou a grande presença dos veículos  de socorro e resgate.


Carros de resgate e caminhões do Corpo de Bombeiros

Momento em que um corpo estava sendo retidado das ferragens.

Lutécia Espeschit homologada como Candidata a Deputada Estadual na Convenção Estadual do PCdoB

 No último sábado, 26 de junho, na Assembléia Legislativa de Minas Gerais, aconteceu a Convenção Estadual do PCdoB para as Eleições de 2010, confirmando o nome da monlevadense Lutécia Espeschit para candidata a Deputada Estadual.

Quase 2.000 pessoas estavam presentes na maior Convenção já realizada pelo Partido em Minas, que declarou palanque único de apoio a Dilma oRussefd para presidente do Brasil, Hélio Costa governador e Pimentel e Zito Vieira Senadores.

Após uma Convenção alegre e festiva, o PCdoB realizou seu encerramento, na Praça da Assembléia, com o tradicional Forró do PCdoB, com barraquinhas,  dupla sertaneja do Triângulo Mineiro, casamento da roça e dança de quadrilha de grupo de Belo Horizonte.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Jantar em comemoração aos 25 Anos da Legalidade do PCdoB

                                                                                
  Izabel Leite, Haroldo Lima (Presidente da ANP - Agência Nacional do Petróleo) eu  e Renato Rabelo (Presidente Nacional do PCdoB)

.
Jô Morais, Deputada Federal e Presidente do PCdoB-MG, eu e Orlando Silva, Ministro do Esporte

O Jantar


Estive ontem, 21, no Ambrósios, em Belo Horizonte, na companhia da camarada Izabel Leite, para comemorarmos os 25 anos da Legalidade do PCdoB, num jantar onde estavam reunidas várias expressões da nossa política nacional, que formam a família PCdoB. Orlando Silva, nosso Ministro do Esporte, esbanjou simpatia e atenção a todos. Jô Morais, nossa deputada federal e presidente do PCdoB em Minas, era pura felicidade e seu mini discurso expressou toda essa alegria do PCdoB hoje ser um partido legalmente constituído e em crescimento, com milhares de novas filiações.  Presentes também o presidente da ANP - Agência Nacional do Petróleo, Haroldo Lima, super simpático, Wadson Ribeiro, ex-Secretário Executivo do Ministério do Esporte, pré-candidato e futuro deputado federal, nosso já deputado estadual Carlin Moura,  o Presidente Nacional do PCdoB, Renato Rabelo, vários pré-candidatos à Assembléia Legislativa, Virgílio Guimarães, do PT, a esposa do nosso futuro governador Hélio Costa, prefeitos e vários representantes de outros partidos. Foi uma festa, com poucos discursos, comida da melhor qualidade e muita conversa boa. Saímos de lá às duas da manhã e os resistentes ainda programavam uma noitada.  Povo animado!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

1974 - 1º FESTIAÇO - FESTIVAL DO AÇO DE JOÃO MONLEVADE 27/04 A 11/05





Vamos ficando mais velhos e cada dia mais nostálgicos. Obviamente que, quando adolescentes, mais novos, não temos muito tempo pra saudade. Embora sinta-me muito jovem, sinto também muita saudade do tempo em que o que era bom é que era bom. Hoje qualquer coisa serve. Basta uma propaganda bem feita e pronto: tá na praça. 

Saudade forte do 1º Festiaço, de 1974, em comemoração aos 10 anos de emancipação política e administrativa da nossa cidade, e que aconteceu no Grêmio Esportivo Monlevadense, no Cine Monlevade e Social Clube. Foram 15 dias de muito esporte, arte e cultura: feira de arte e artesanato, IIIº Festival de Música Popular Brasileira, Teatro, Retretas, Desfile da Rainha do Aço, Exposição sobre Aço e sobre as Cidades Participantes, festival de Fanfarras, Torneio de Futebol de Salão, com os Jogos Octogonais, Natação, Atletismo, Voleibol e Queimada.

O IIIº Festival de Música teve a participação de 20 cidades e 40 músicas classificadas. Até o renomado Marcus Viana participou, com a música Crença, que não ganhou o Festival mas fez muito sucesso posteriormente. O juri era formado pelo maestro Erlon Chaves, Elke Maravilha e Márcia de Windsor (também do juri do concurso da Rainha do Aço) e que eram jurados do programa do Flávio Cavalcanti - A Grade Chance. Mas as celebridades não pararam por aí: apresentando o Festival,  Alin Machado e Vera Fisher, que havia sido miss Brasil em 1969 e estrelava vários filmes de pornochanchadas, fazendo muito sucesso. No último dia, estava lindíssima, num vestido longo preto, cuja figura, quem viu, tenho certeza que não esqueceu.

Os shows de encerramento do Festival de MPB foram de Jair Rodrigues, no primeiro dia e, no encerramento, ninguém menos que o Rei Roberto Carlos. Aquele Grêmio quase veio ao chão. Havia gente pendurada nas colunas de aço que estruturavam o Ginásio Dr. Mário Graça. Inesquecível...

E, pra que você busque na memória e encontre, eis o Hino Oficial do Festiaço, que foi cantado durante os 15 dias de sua realização, antes das competições esportivas e apresentações culturais e artísticas. Foi composto por Wagner e Weber Costa, filhos do sempre lembrado Diló:


Hino oficial

Ordem e progresso
geram paz e calor,
é grande sucesso,
dez anos de amor,
da pedra ao aço,
é o nosso labor,
primeiro Festiaço
de paz e amor. 

       Esporte, cultura,canção
       São elos da corrente
       que se chama integração.

Monlevade canta hoje
um decênio de ação,
faz do aço o Festiaço
e pra você essa canção.


Essa era a minha Monlevade!...


quinta-feira, 17 de junho de 2010

PCdoB formaliza apoio a Dilma Russef à Presidência da República

Renato Rabelo, na Convenção Nacional do PCdoB que formalizou o apoio dos 

comunistas à candidatura de Dilma Russef a Presidência da República.


PCdoB sela apoio a Dilma e aprova contribuições para programa

Em convenção eleitoral nacional, realizada na noite desta quarta-feira (16), o PCdoB aprovou por unanimidade o apoio dos comunistas à candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República. A convenção  reuniu militantes, dirigentes, amigos e apoiadores da candidatura Dilma Rousseff em um grande evento na capital federal.

A reunião contou também com a presença do vice-presidente da República José Alencar, do presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra; do vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral e do ministro de Secretaria de Assuntos Estratégicos, Samuel Pinheiro Guimaraes.
Realizado no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília, o encontro aprovou ainda um documento com as contribuições do Partido para o programa de governo de Dilma. 

 No documento, o PCdoB destaca a importância das eleições deste ano: “As eleições de outubro serão decisivas para os destinos do país. Estão em confronto dois campos políticos antagônicos. A aliança de partidos, movimentos populares, setores sociais e empresariais
democráticos, liderada pelo presidente Lula versus legendas que sustentaram o governo neoliberal de FHC que levou o Brasil à estagnação e até mesmo à decadência”, afirma o documento aprovado.

“Neste embate não há meio termo. Seu resultado ou garantirá a continuidade do ciclo político virtuoso aberto pelo presidente Lula, ou será o retrocesso com o retorno daqueles que arrasaram o Brasil”.

O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, fez o discurso de abertura do evento e lembrou que Dilma é a continuidade do governo Lula. “Coube a Lula indicar quem ele avalia ser a continuadora desse expressivo trabalho de governo, de esperança para o povo e para o país. Lula escolheu Dilma. Ela foi investida da responsabilidade de dar continuidade ao projeto e aos compromissos firmados pelo governo Lula. Quem garante a continuidade é Dilma”, discursou Rabelo.

Renato também lembrou que "o presidente Lula deixa de aparecer na lista de votação pela primeira vez desde 1989, mas deixa um legado e uma herança apreciável, com importantes conquistas para o povo".

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, afirmou que " a oposição adota linha pendular: ora diz que pretende ser o pós-lula, ora mostar os dentes com factóides. O fato é que temos programa e a oposição patina sem propostas".
Sentimento nacional

O vice-presidente José Alencar também discursou rapidamente e falou da importância da candidatura de Dilma : “A escolha do Lula pela Dilma tem razão de ser. Fico admirado de ver com que dedicação ela trata de cada problema do governo. E com que conhecimento ela os aborda. Dilma é brava na defesa daquilo que ela acredita. Vamos defender a Dilma, porque estaremos defendendo uma mulher de bem, que sempre foi de esquerda.”

Sobre a aliança com os comunistas, Alencar afirmou que "me perguntaram certa ocasião porque aliança com petistas e comunistas e eu respondi que porque eles me deixam muito à vontade. Vocês têm um sentimento nacional, defendem o Brasil e o nosso povo" destacou o
vice-presidente.

De Brasília
Gustavo Alves

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Postado no Blog RAPADURA, hoje.

LUTÉRCIA ESPECHIT

As possibilidades são muito pequenas, mas é um direito democrático e que precisa ser respeitado a decisão da monlevadense Lutércia Espechit de se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados, pelo PC do B.
Confesso não ter a mesma coragem dela, que tem minha admiração, mas que vai ter que matar um leão a cada dia para vencer o sistema político eleitoral vigente.


(Não entendo porque escrevem meu nome com esse "R" que não existe!)

terça-feira, 15 de junho de 2010

A COPA DO MUNDO, A TAÇA JULES RIMET E SUA VISITA A JOÃO MONLEVADE!



A COPA DO MUNDO, A TAÇA JULES RIMET E SUA VISITA A JOÃO MONLEVADE!


Há 40 anos, o Brasil sagrou-se tri-campeão da Copa do Mundo e, após também 40 anos disputada por diversos países, a Taça Jules Rimet passou, definitivamente, às mãos do Brasil. Foi uma festa, a maior expressão de alegria popular, fora o Carnaval, que eu tinha visto até então.  


A Taça Jules Rimet foi assim nomeada em homenagem ao 3º Presidente da Federação Francesa de Futebol e da FIFA – 1921/1954, o “inventor” da Copa do Mundo (1930).
Em 1971, sob forte esquema de segurança, a taça fez um “tour” por algumas cidades brasileiras e esteve em João Monlevade. Tive a honra de carregá-la, em um carro alegórico, ladeada por minha irmã Rúbia e minha amiga Dalila, do Posto Lulu até o Estádio do Jacuí. Percorremos toda a cidade e, no estádio, havia uma grande festa para recebê-la, com banda de música, discursos e uma partida de futebol. Passei com a Jules Rimet um dia inteiro e foi um dia de muita emoção e uma alegria inesquecíveis, pelo que ela representava e ainda representa.

 Como todos sabem, a Taça, que media 30 centímetros de altura e possuía 3,8 quilogramas em ouro puro, sendo seu peso total de 4 quilogramas, foi roubada na sede da CBF Rio de Janeiro e, poucas horas depois, derretida e transformada em pequenas barras de ouro. O roubo da Jules Rimet, em 19 dez 1983, foi tramado por Sérgio Peralta,  numa mesa de carteado, no bairro de Santo Cristo, zona portuária do RJ. Junto com José Luiz Vieira da Silva, o Luiz Bigode, decorador, e Francisco José Rocha Rivera, o Chico Barburo, renderam o vigia do prédio da CBF e roubaram, além da Jules Rimet, A Taça Equitativa (vice-campeonato mundial de 1950), o Jarrito de Ouro (titulo Panamericano de 1956) e a Taça Independênica, disputada em 1972 em comemoração ao Sesquicentenário da Independência do Brasil.

Em 1988, Sérgio Peralta, que tramou o crime foi condenado a 5 anos de prisão (preso em 1994, cumpriu somente 3 anos), Luiz Bigode e Sérgio Barbudo a 6 anos cada e Hernandes, quem derreteu a Taça , a 3 anos. Bigode, preso em 95, cumpriu somente 3 anos, Sérgio Barbudo foi assassinado em 1989, enquanto aguardava apelação em liberdade e Juan C. Hernandes, nunca foi preso por esse crime, mas por tráfico de drogas.

Mas a despeito do descuido patrimonial, e da falta de responsabilização (apuração e punição pelo descaso), a FIFA ofereceu à CBF uma réplica da Jules Rimet, que ora encontra-se junto aos demais troféus da entidade. Esta foi feita, em 1986, por Eastman Kodak, com uso de 1,875 quilogramas de ouro. Em decorrência desse roubo, a FIFA criou uma outra Taça e definiu que ela nunca pertenceria a nenhum país, ficando a sua posse com o país vencedor da Copa do Mundo somente durante o período da detenção do título.

Uma curiosidade: na base da Jules Rimet, no fundo, havia um compartimento trancado. Perguntei ao representante da CBF o que havia lá dentro e ele me disse que havia UM BRILHANTE REPRESENTANDO CADA COPA DISPUTADA. Será? Acreditei...

A TAÇA JULES RIMET FOI A MAIOR CONQUISTA DE UM PAIS NA COPA DO MUNDO - O TRI CAMPEONATO.

Em 1971, a Taça Jules Rimet fez um tour pelo Brasil e esteve em João Monlevade, no Estádio do Jacuí, sob os meus cuidados, numa grande festa preparada para recebê-la. A Taça, disputada desde 1934, ficou com a posse do Brasil após o tri-campeonato, em 1970. Foi uma grande Copa do Mundo, que emocionou e encheu de orgulho todos os brasileiros, cujo futebol até hoje faz história como um dos melhores do mundo. E que venha o Hexa.


segunda-feira, 14 de junho de 2010

Ebulição

Nem bela, nem fera, simplesmente mulher,
cruzo vidas, embaraço pensamentos,
me desdobro, me redobro e reboliço,
sentimentos que torturam são momentos.


Me confundo, subo sempre em escalada,
quebro pedras, não me atiro por tonturas,
eu me elevo e me lavo de vergonha,
vou ao pico e me pico de amarguras.


Até quando, até onde, até breve?
Já não sei o que pensar, aonde ir,
meus caminhos me circundam em labirintos,
muito ando, muito corro pra sair.


E mais me confundo, mais me embaraço e me perco,
mais me podo, introverto e extravaso,
mais agrido, mais pondero, mais revido,
mais me sinto envolvida pelo acaso.

sábado, 12 de junho de 2010

Fabrício e Elcimar - Canecaço da FUNCEC, 29 de maio. Veja as fotos da noite. Os clipes do show estão no YouTube.



Descubra o papel da cultura na educação do sujeito transformador

Tem gente que acha que cultura não tem nada a ver com educação. Assita ao quinto episódio da série Cultura Viva, que vai ao ar todos os sábados na TV Vermelho, e descubra o quanto as duas convivem em permanente diálogo. Neste sentido, artistas, gestores públicos e pesquisadores revelam a importância da cultura para a formação de sujeitos trasnfomadores e repletos de saberes.


http://www.youtube.com/watch?v=EhFqc3W7YcM

terça-feira, 8 de junho de 2010

NOTÍCIAS VERMELHAS

Enfim, anunciado o acordo entre PT/PMDB. Em seu twitter, Pimentel informa que sairá candidato a uma vaga no Senado e Hélio Costa cabeça de chapa ao governo de Minas.

Possibilidade, não confirmada, de Patrus vice de Hélio. A primeira reação de Reginaldo Lopes, presidente do PT em Minas, foi dizer que se tratou de "um erro histórico", mas garante que, "se o diretório nacional do PT, em reunião marcada para sexta-feira, referendar o nome de Hélio Costa, vai orientar os petistas a acatarem a decisão. Nos bastidores, contudo, as informações são de que os militantes estão dispostos a cruzar os braços".


Para a deputada federal Jô Moraes (PCdoB-MG), o acordo PT-PMDB é um passo importante para a consolidação da chapa estadual da base aliada.  "Superamos uma etapa, agora é completar a chapa majoritária incorporando o conjunto dos partidos que integram a base", disse a deputada.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

JOÃO MONLEVADE PRESENTE NA 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DO ESPORTE, EM BRASÍLIA.

CONFERÊNCIA IRÁ PREPARAR O PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER.

A 3ª Conferência Nacional do Esporte (CNE) inicia a etapa nacional nesta quinta-feira (3), em Brasília, com a participação de aproximadamente 1,5 mil pessoas. Foram realizadas 440 etapas municipais, 350 regionais e 650 etapas livres dessa conferência. 

Marco José de Freitas, presidente do PCdoB de João Monlevade, eleito Delegado na etapa Estadual, encontra-se presente nas discussões das propostas que irão traçar os rumos do esporte e lazer dos próximos 10 anos para o Brasil.


Depois de sete meses de mobilização por todo o Brasil, a 3a. Conferência Nacional do Esporte (CNE) inicia a etapa nacional nesta quinta-feira (3), em Brasília, com a participação de aproximadamente 1,5 mil pessoas. Foram realizadas 440 etapas municipais, 350 regionais e 650 etapas livres dessa conferência. A expectativa de mobilização foi superada e mais de 200 mil pessoas participaram dos debates da 3a. CNE.



O tema em debate nessa terceira edição é a elaboração de um Plano Decenal de Esporte e Lazer, com ações e metas definidas pelos municípios e estados que pretendem projetar o Brasil entre as dez maiores potências mundiais na área do esporte.



“A etapa nacional da 3a. CNE irá coroar o trabalho dos estados na construção do Plano Decenal de Esporte e Lazer, deixando a população mais sensível aos desafios colocados por esse processo de mobilização nacional” destacou o secretário executivo do Ministério do Esporte e presidente da 3a. CNE, Waldemar de Souza.


A construção de um plano decenal, por meio de uma conferência nacional, a exemplo de outras áreas como Educação e Saúde, foi aceita pelos estados. Os 26 estados e o Distrito Federal realizaram etapas estaduais da 3a. CNE, onde foram eleitos 1030 delegados que estarão em Brasília. Em quatro dias eles terão o desafio de debater e aprovar as propostas que irão compor o Plano Decenal de Esporte e Lazer.

A coordenadora executiva da 3ª CNE, Cássia Damiani, ressaltou avanços importantes dessa edição da conferência, como a inclusão de novos segmentos no debate. “Foram parceiros que entendem nossas necessidades para o aperfeiçoamento e controle de políticas públicas na área do esporte e lazer”.

A etapa nacional da conferência contará com a representação de entidades acadêmicas de pesquisas, entidades de prática do esporte e lazer, empresários, profissionais e estudantes, gestores, parlamentares, trabalhadores da área, além dos movimentos populares e sociais.

Edições bem sucedidas





O Ministério do Esporte executou duas bem sucedidas edições da Conferência Nacional do Esporte, em 2004 e 2006, que conferiu resultados importantes como a definição da Política Nacional do Esporte (2005), as bases do Sistema Nacional de Esporte e Lazer e a conquista da Lei de Incentivo ao Esporte. As conferências tiveram também um papel de ampliar a capacidade administrativa e operacional das ações institucionais do Ministério do Esporte.

A Conferência Nacional do Esporte é o convite do Ministério do Esporte à sociedade brasileira para debater os rumos das políticas públicas de esporte e lazer para o país. O governo federal pretende consolidar o esporte e o lazer como políticas de Estado que, além de fomentar a cadeia produtiva do esporte, possibilitarão novas oportunidades de trabalho e renda e aumentarão a capacidade do país para realizar grandes eventos esportivos. Esse conjunto de fatores torna a política do esporte estratégica para o desenvolvimento do país, que pretende ser a quinta potência econômica em 2016.

Fonte: Em Questão

Mais informações: www.esporte.gov.br/conferencianacional 

quinta-feira, 3 de junho de 2010

BANDA DI ROCK NO GAMBINOS

Ontem, véspera do feriado de Cospus Christi, a Banda di Rock (a procura de um nome) apresentou-se no Gambinos, proporcionando-nos audição de bons rocks dos anos 80, assim como grandes clássicos nacionais e internacionais de várias épocas. Meus sempre amigos Rogério Lima (vocal e guitarra solo), Eduardo, da Gráfica Modelo (bateria), Geraldinho (também bateria), Edmar na guitarra base e Gustavo, no baixo, levantaram o astral dos presentes e mostraram que o gosto pelo rock and roll é tido por várias pessoas, de várias idades. A banda despediu-se por volta da meia-noite, sob o protesto de todos, que não tiveram o bis, bis, bis em coro atendido, em respeito à lei do silêncio.Mais do que correto, embora estivéssemos dispostos a entrar madrugada afora.


Nós, os rockeiros de plantão, esperamos para breve outra apresentação da banda e que o rock and roll continue sendo mais uma opção na noite monlevadense.


Confira aí ao lado, no ACONTECEU? as fotos da noite e, no YouTube (luteciaesp), os clipes da banda, que gravei pra você.


Boa noite. Hora de ir para o Encontro dos Motociclistas.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

PESSIMISTAS X OTIMISTAS








Comentário geral na cidade o anúncio feito no dia 27 de maio, por Lakshmi Mittal, comandante da Arcelor Mittal, que em Monlevade, nos próximos 2 anos, teremos um investimento de até US$ 1,2 bilhões na duplicação da capacidade de produção de fio máquina da usina, o que irá gerar cerca de 6.000 empregos diretos e indiretos. O aumento do número de funcionários diretos da Usina de Monlevade deve ficar em torno de 300, passando dos atuais 1.300 para 1.600. O restante será mão-de-obra contratada pelas empresas terceirizadas para as obras da duplicação e, posteriormente, quando concluídas, de operacionalização.


Esse projeto de duplicação vinha sendo elaborado mesmo antes da Mittal se fundir com a Arcelor mas, com o agravamento da crise financeira mundial, a ArcelorMittal retardou essa duplicação, que agora será realidade em virtude  da retomada da economia e da demanda por aço no Brasil e em outros países.


Com o anúncio feito e o reinício das obras, otimistas e pessimistas têm opiniões diversas e controvertidas sobre os reflexos que essa expansão trará para a nossa cidade. Para os otimistas, a arrecadação de tributos aumentará consideravelmente a receita do município (cerca de R$26 milhões, pouco mais que 20%), o que resultará no aquecimento do comércio e maiores investimentos públicos.  Já os pessimistas vêem o aumento do número de vagas de emprego como um grande problema, já que, por enquanto, cursos de capacitação não foram ministrados e a mão-de-obra qualificada virá de outras cidades, gerando todo tipo de problema para o poder público nos setores da saúde, educação, meio ambiente, moradia, transporte e segurança.


Se metade desse contingente de 6.000 trabalhadores vier de outras localidades e, se cada um tiver uma família de 3 pessoas, a população da nossa cidade será aumentada em torno de 12% em dois anos. Esse percentual de crescimento da população, em tempos de “normalidade”, levaria 9 anos para acontecer, se compararmos com o crescimento verificado pelo IBGE nesse período, que foi de 1,05% ao ano.


Portanto, entre opiniões otimistas e pessimistas, ficam as perguntas: será que apenas dois anos serão suficientes para preparar a cidade para receber todas essas pessoas? Será que o crescimento de 20% na receita do município será suficiente para atender à demanda das necessidades que essa população terá? Creio que teremos que traçar urgentemente um PEC (Plano Emergencial do Crescimento) pra nossa cidade, em conjunto com todos os segmentos da nossa sociedade, se não quisermos que a visão dos pessimistas seja, em breve, a nossa realidade. Caberá a cada um de nós encontrar a forma para que esse crescimento seja bem vindo e portador de muita prosperidade.

terça-feira, 1 de junho de 2010

MONLEVADE NA CONFERÊNCIA NACIONAL DO ESPORTE

Na próxima quinta-feira, 03 de junho, Marco José de Freitas, Presidente do PCdoB de João Monlevade, estará levando as propostas dos monlevadenses e dos mineiros à 3ª Conferência Nacional do Esporte.


Eleito delegado na conferência municipal e, posteriormente na Conferência Estadual, Marco José está entusiasmado com a participação de Monlevade no evento e espera poder contribuir de forma efetiva, discutindo e aprovando as melhores propostas para o Plano Decenal do Esporte para o Brasil. 

Desejamos-lhe sucesso e promoção do nome de João Monlevade em Brasília, com os destaques que irá apresentar. 

Boa viagem e bom proveito a ele.


(Obs: devido a compromissos inadiáveis em Belo Horizonte, minha presença na Conferência do Esporte em Brasília não será possível). 

NOTÍCIAS VERMELHAS

31 DE MAIO DE 2010 - 20H12

Brasil defende ação enérgica da ONU sobre Israel

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse nesta segunda-feira (31) que o Brasil espera que a Organização das Nações Unidas (ONU) tome uma reação enérgica em relação a Israel devido ao ataque a navios que levavam suprimentos para a população da Faixa de Gaza, ocorrido nessa madrugada.

"Vai ficar uma marca muito forte. É algo que necessita de um tipo de ação da ONU e esperamos que o presidente do Conselho de Segurança [da ONU] dê uma declaração forte. O Itamaraty chamou o embaixador de Israel para manifestar nossa indignação em relação ao ato. Espero que Israel atenda ao que foi solicitado", disse Amorim ao deixar a reunião da Comissão Econômica para Países da América Latina, que ocorre em Brasília.
Leia também:
E Ouça na Rádio Vermelho:
O ministro disse que a posição do Brasil de condenar de forma veemente o ataque foi orientada pelo próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva e está, de acordo com o ministro, coerente com a forma do Brasil atuar no Oriente Médio.

"Nossa atuação é no sentido de buscar a paz e o entendimento. Somos amigos de Israel, mas não é com esse tipo de ação intempestiva que Israel conseguirá a paz. Mas é vivendo em paz com seus vizinhos, com a Palestina, com os demais países árabes que os cidadãos israelense terão paz em seu território, que também precisa ser assegurada".

Para Amorim, é necessário ter em mente que se o bloqueio a Gaza não estivesse em vigor, não haveria a necessidade de envio de suprimentos à região.

"Às vezes é difícil colocar as palavras em uma nota, porque as palavras são acabam ficando gastas. Nós não poderíamos ter ficado mais chocados com um evento desse tipo. Eram pessoas pacíficas, que não significavam nenhuma ameaça e realizavam uma ação humanitária que não seria necessária se terminasse o bloqueio a Gaza", lamentou.
Ataque terrorista

Em entrevista à Rádio Vermelho, o secretário nacional de Relações Internacionais do PCdoB, Ricardo Abreu, o Alemão, destacou a gravidade do ataque israelense contra navios de ajuda humanitária nesta madrugada junto à Faixa de Gaza.

"É impressionante como a mídia trata de forma diferente as críticas ao Irã e à Coréia do Norte, com relação aos ataques terroristas perpetrados por Israel nesta madrugada" afirmou Alemão.
PT condena

Além do PCdoB, o Partido dos Trabalhadores, por meio de sua Secretaria de Relações Internacionais foi um dos poucos a se posicionar a respeito na cena política brasileira. Segundo fontes da Secretaria, o partido "condena a agressão praticada por tropas do governo de Israel" contra a "Frota da Liberdade".

Ouvida pela agência italiana Ansa, a Secretaria, chefiada por Irini Lopes, afirmou que o ataque ocorrido nesta segunda-feira "só confirma o acerto" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva "e de todos que estão buscando uma solução pacífica para os conflitos do Oriente Médio".